Você precisa parar

O Esporte, a Cultura, o convívio social. Isso tudo não é mais possível. Ainda não. E pra voltar o mais cedo possível, só depende de nós.

Pessoas andando de máscara em Rua de São Paulo. A pandemia já é uma realidade.

Por Luis Cesar

Não vou mentir para vocês: Sinto muita saudades de visitar museus, parques, de trabalhar e estudar. É um suplício se ver enclausurado, sem poder seguir sua vida normalmente. Mas eu tive de parar. Você também parou. Ou deveria.

À parte dos culpados, do que deveria ter sido feito, do despreparo, a responsabilidade também é individual. Não dá pra seguir como se estivesse tudo normal. A capacidade de contágio desse novo coronavírus é altíssima e o vírus em si pode ficar impregnado por horas e dias no metal, na madeira e nas roupas. Uma doença sem cura, que alterou nossas vidas e exige uma capacidade de resposta de sistemas de saúde muito rápida. No entanto, sabemos como o nosso SUS é deficitário e temos um inconsequente como Presidente.

Junte um chefe do executivo despreparado, um sistema de saúde público limitado e a rápida disseminação de pânico e notícias falsas em tempos de fácil acesso às redes sociais. É a receita para o caos. Além disso, a baixa instrução do povo brasileiro e a precariedade ds trabalho informais não ajudam. Um País em frangalhos econômicos e políticos que precisa encarar mais um desafio.

Nem tudo são más notícias: o enfoque diário da grande mídia no problema e a conscientização diária surtiram efeitos: À despeito da falta de ação efetiva do Governo Federal, Os Governadores dos Estados mostram serviço ao limitar a circulação de pessoas e a entrada na cidade. O que acontece na Itália e na Espanha ligou a luz vermelha no Brasil. A equipe econômica do Governo Bolsonaro anunciou medidas visando mitigar as perdas econômicas que jogarão o PIB brasileiro em 2020 no buraco. Mas é pouco. 200 reais por pessoa não salvam as contas de um povo já combalido financeiramente.

Macro medidas são essenciais, mas a mudança também passa pelos hábitos das pessoas. Você precisa parar. Pra poder realizar tudo aquilo que o confinamento te impede. Tenha consciência, mantenha seus idosos em casa. Eles estão no principal grupo de risco da doença devido à fragilidade. Pare agora. Pra poder seguir depois.

Publicado por Luis Cesar

Estudante de Jornalismo e Instrutor de Robótica, Games, Modelagem 3D e Analista de Informática Educativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: